3º Dia Nacional da Pessoa com Deficiência em Parques e Atrações Turísticas

Crianças aproveitam o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência em Parques e Atrações Turísticas.

Hoje o Beach Park comemorou a terceira edição do Dia Nacional da Pessoa com Deficiência em Parques e Atrações Turísticas – DNPD. Crianças e jovens portadores de necessidades especiais participaram e mostraram a importância da acessibilidade em parques temáticos e atrações turísticas de todo o Brasil.

Cerca de 600 visitantes e acompanhantes curtiram os brinquedos e toboáguas do parque aquático. Além de toda a diversão, o parque disponibilizou o transporte e o lanche para proporcionar facilidade e conforto a todos.

Nesta edição, o Beach Park recebeu crianças e jovens atendidos pela:

- APAE (Fortaleza e Guaiuba) que promovem a prevenção e a inclusão da pessoa com Deficiência Intelectual;

- CADEE (Centro de Apoio e Desenvolvimento em Educação Especial) de Maracanaú;

- Casa da Esperança que apoia pessoas com autismo;

- Escola do Instituto dos Cegos e pelo Instituto Moreira de Sousa, que oferece atendimento nas áreas de saúde, cultural e pedagógica aos alunos com deficiência intelectual ou dificuldade de aprendizado.

O padrinho oficial do evento, dos parques de todo o Brasil, é o cartunista Mauricio de Sousa, que inclusive cedeu gratuitamente o personagem “Luca”, um menino cadeirante, para compor a logo do DNPD.

O projeto é uma ação do Sistema Integrado de Parques Temáticos e Atrações Turísticas (Sindepat) com o apoio da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra). O intuito do projeto, assim como as demais atividades de responsabilidade social do Beach Park, é contribuir para inclusão social e dar a essas crianças a possibilidade de sonharem e acreditarem em um futuro melhor.